16
Dez
07

alguma coisa a partir de nada

Antes de mais queria adiantar qualquer coisa sobre o meu nicname. quando se vê filmes do Harry Potter, fica-se com estes nomes na cabeça. É o equivalente aos Nazgull do senhor dos aneis, personagens em metamorfose sempre inacabada, que a partir das cinzas pretendem renascer, qual fenix (em Portugal, fonix).

Deixava convosco uma semente mental, pequenina que pode tornar-se numa Sequoia (acho que têm este nome algumas arvores que chegam a ter 1ooo anos de idade e 100 metros de altura). Cá vai: na interacção face a face com desconhecidos, pouco conhecidos e inconheciveis, procurem activar disposições de construção de estériotipos positivos acerca das reciprocidades que se pretende configurar. As possibilidades são ilimitadas, e variam consoante os osbjectivos. Chamo a esta filosofia «construir alguma coisa a partir de nada». Resulta. E se resulta. O ser humano não tem limites no bom e no mau. Vamos explorar o bom.

 Descobri ao fim de 37 anos de percurso neste planeta que as pessoas emocionalmente só precisam é de um bocadinho de atenção….

Anúncios

0 Responses to “alguma coisa a partir de nada”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Desde 19-Maio-2007

Andaram por aqui…

Arrochadas Anteriores

Prémios


Blog Stats

  • 64,795 hits

Ferramentas Internas

Outras Coisas


%d bloggers like this: