Archive for the 'educação' Category

06
Abr
08

quem fala assim não é gago…

Segundo Mariano Gago, quase todos os profissionais com formação superior entram no mercado de trabalho durante o ano seguinte ao termo da sua licenciatura. “O número de profissionais que sai dos cursos superiores todos os anos para o mercado de trabalho não chega e são todos absorvidos pelo mercado”, disse o ministro à Renascença. O ministro reconhece no entanto que o emprego encontrado fica muitas vezes aquém das expectativas: “É verdade que muitas vezes, e muitos jovens sentem isso, o primeiro emprego não é aquele que gostariam de ter”, ressalvou, frisando logo de seguida que, “ao fim de um ano de saídas do ensino superior”, não existe “ninguém desempregado”. [link]

…mas é mentiroso, e não é pouco.

02
Abr
08

“Dá-me o telemovel já!” – o que devia ter acontecido

02
Abr
08

“Dá-me o telemovel já!” – o remix

26
Mar
08

Aluna que agrediu professora vai ser alvo de processo no Tribunal de Menores

Processo no Tribunal de Menores, sim senhor bela maneira de resolver um assunto, não só a instituição escola já está mal vista como agora tem de recorrer a tribunais para resolver os assuntos internos de falta de disciplina…

Imagino mesmo as perguntas do juiz:

 De quem é a propriedade do bem telemóvel?

Da aluna.

Porque se deu a “luta”?

Porque a aluna estava a ser assaltada

 Sentença: Prenda-se a professora por tentativa de roubo… 

Mais uma a ajudar o pacto de loucura

Ronin

25
Mar
08

(in)acção social?

Alguém me consegue explicar isto, isto e a não influência disto em todo o desenvolvimento?

O papel dum estado social passa, principalmente nestas situações, por possibilitar à família biológica condições para assegurar a educação dos menores. O que aqui se lê, a ser verdade, é simplesmente do mais ridículo que assisti nos últimos tempos. A acreditar na veracidade dos relatórios feitos pelos psicólogos a retirada dos menores da família de acolhimento deveria ser, simplesmente imediata. Aliás, a acreditar nas versões expostas, nunca aqueles menores deveriam ter sido retirados da família biológica.

Falta, contudo, saber o outro lado da história. Verificar a veracidade dos erros dos serviços que são apresentados nas peças jornalísticas, sendo que cada vez mais me irrita a falta de esclarecimentos (ou a lentidão dos mesmos) que nestas situações demoram a surgir por parte dos serviços competentes. É que essa lentidão não se coaduna com as dinâmicas informativas actuais e, a verdade é que quando esses esclarecimentos demoram a surgir, fica sempre a ideia de que a verdade dos factos é a apresentada, independentemente da realidade.

25
Mar
08

E Ainda Falam do Carolina Michaelis

comparado com estes são uns amadores…

Segundo o Daily Mail, dois adolescentes falsificaram assinaturas e conseguiram a autorização para organizar uma festa nas instalações da escola.

Os professores explicaram que a festa rapidamente se transformou numa orgia, na qual chegaram a participar 200 alunos e cuja maioria teve relações sexuais sem protecção.

O comportamento dos alunos obrigou a escola a distribuir pílulas do dia seguinte pelas alunas dos 14 aos 16 anos e a enviar uma carta aos pais advertindo para a possibilidade de os filhos terem doenças sexualmente transmissíveis ou gravidezes indesejadas.

A carta foi muito clara e não deixa margem para dúvidas, os jovens consumiram uma grande quantidade de álcool e «estavam demasiado bêbados para terem controlo sobre si próprios. O risco é real, assumam o pior.».

De acordo com o Daily Mail, não é a primeira vez que uma coisa destas acontece naquele estabelecimento de ensino. Há quase dois anos também houve uma festa que acabou com vários jovens embriagados, inúmeros estragos e semelhantes cenas sexuais.

O dono de um pub local contou que o estado dos jovens era tal que chegaram a ameaçá-lo quando este se recusou a vender-lhe mais álcool e tabaco. De manhã quando chegou ao bar os adolescentes tinham urinado a fachada do estabelecimento.

Uma equipa de socorro também foi atacada, primeiro vários adolescentes nus rodearam a ambulância e depois outro grupo de adolescentes tentou virar o veículo.

20
Mar
08

Assim vai a Educação em Portugal…

O que fazer neste caso? O que é possível fazer neste caso?

via blasfémias
05
Mar
08

Avaliação dos Professores

E não é que a fantástica ficha de avaliação que tanta polémica lançou vai na mesma ser analisada em Conselho Pegagógico?

http://dn.sapo.pt/2008/03/04/sociedade/conselho_executivo_leva_ficha_polemi.html

26
Fev
08

Justiça para quê…

… é uma mulher portuguesa… com certeza…

«Não há providências cautelares que possam interromper o processo de avaliação»

18
Jan
08

O Exemplo Alemão…

Com os devidos cuidados de não generalização, a gravidez na adolescência é uma situação que acarreta um conjunto de situações problemáticas. É o interromper (ou mesmo o terminar) de um percurso escolar, promovendo situações futuras de dificuldades de integração profissional ou, no mínimo, de emprego precário. São (diversas vezes) as dificuldades na educação das crianças, tendo em conta a falta de “preparação” para este novo papel, promovido pela dificuldade que estes pais (em muitos casos apenas as mães) têm em receber apoio.

São certamente situações complicadas de colmatar, existindo obviamente a necessidade de prevenir a ocorrência destas situações (onde andas tu, educação sexual?). Mas, sendo certa a sua existência, importa também definir estratégias que permitam minimizar e diminuir a probabilidade destas consequências.

É esta a ideia de governo alemão ao avançar com uma nova política social que pretende atribuir uma baixa de maternidade (assim traduz a Lusa) para as avós de crianças cujos pais ainda não tenham atingido a maioridade, para que possam apoiar os filhos na educação dos netos, promovendo a continuidade da frequência escolar dos pais. Para tal, esta baixa de maternidade terá uma duração máxima de três anos.

Acredito que esta medida possa ter ainda “resultados secundários positivos” relativamente a uma questão que foi tema de debate em Portugal no ano transacto. A Interrupção Voluntária da Gravidez, cujos números poderiam baixar com políticas deste género.

Assim, também, se promove a educação e o desenvolvimento integral das crianças…

02
Jan
08

Oásis

Pelo menos ainda existem alguém com responsabilidades que, no meio desta balbúrdia e egocentrismo governamental, consegue ser directo, positivo e ter um discurso coerente com a realidade nacional.
22
Dez
07

senhores professores…

Espero que João Miranda a propósito deste artigo não tenha filhos em idade escolar…

E já agora, se é assim que se passa nas escolas, o que se passará nas universidades? Alguém sabe?

Ronin




Desde 19-Maio-2007

Andaram por aqui…

Arrochadas Anteriores

Prémios


Arrochadas Mais Populares

Blog Stats

  • 66.054 hits

Ferramentas Internas

Outras Coisas