Archive for the 'internacional' Category

05
Jul
08

Há quanto tempo eles o FARCem?

Até que nem é assim nada tão surpreendente nem chocante a presença das Farc na Festa do Avante, tendo em conta a lista de convidados de edições anteriores da dita: regimes totalitários, sanguinários e invasores os quais eram (e são-no apesar de já não existirem) tidos como modelos políticos e sociais pelo PC. Quanto às Farc, já desde as primeiras edições da festa elas lá estavam em conjunto com outra fauna que pululava e pulula na “grande festa” que é o terrorismo internacional.
Além disso, em plenos anos 80, já após a adesão de Portugal à CEE, podia ouvir-se dentro do reduto do PCP como ideia dominante que o caminho para o regime e sociedade ideais seria o golpe armado e nunca a partir da “democracia burguesa”.
Isto só para falar em tempos mais recentes…
Por isso, tanta surpresa com o quê? As FARC ao pé daquilo que eram os modelos de virtude do PCP, se calhar até ficam a perder uns pontinhos (leia-se mortes).

01
Jul
08

Não Isa, não foi do tempo. Quer dizer, bem vistas as coisas até foi, porque o tempo do meu computador chegou ao fim… e o que o veio substituir temporariamente estava com um pequeno problema com o WordPress. Ou então era o WordPress que estava com um problema comigo, por o ter trocado por este (a nova morada do meu blog.

Depois desta introdução para justificar a minha ausência, e aproveitada para informar que a morada do meu blog deixa de ser esta e passa para aqui (ENTENDERAM?), resta-me falar do que por este país foi acontecendo.

Para não encher, e porque o que foi acontecendo, foi por mim comentado no meu novo blog… falarei sobre hoje, num post à Marcelo Rebelo de Sousa.

SELECÇÃO Não se entende como o seleccionador nacional ainda não está escolhido. Com o apuramento para o mundial de 2010 está à porta, a demora começa a ser exagera. Principalmente porque selecções em situações semelhantes (veja a Itália e a Espanha) já o fizeram…

MINISTRA DA SAÚDE Guarde-se para memórias futuras estas declarações… a ver vamos o que acontece quando estiver constipada… ou ela queria apenas referir-se mesmo às graves?

FUNDAMENTALISMO antitabágico. Só assim se percebe que deixa de ser permitido fumar tabaco nas coffee-shops holandesas… Apenas tabaco, OK?

NEGÓCIO & RELIGIÃO e a preparação para os mesmos, aqui

Já agora… já vos disse que alterei a morada do meu blog pessoal? É esta

🙂

25
Jun
08

Deutsche Bank avisa que petróleo a 200 dólares irá destruir o sistema económico global

Quais centúrias de Nostradamus, o Deutsche Bank da o mote e eu insiro as imagens!

 

 

 

13
Jun
08

Que seja a primeira de muitas…

Expresso: Sócrates encara “Não” irlandês como derrota pessoal

27
Maio
08

El piso de los 5€

“En el año 2005 me compré un piso, después de trabajar incluso los fines de semana, y digo incluso por no decir también, a día de hoy, abril de 2008 y debido a los altos intereses y a la poca seguridad laboral, la cual me ha llevado al paro, me veo obligado a deshacerme de él pues no puedo hacer frente a la señora hipoteca. He intentado venderlo pero no me llama ningún comprador. Quien sí me llama, cada mañana, es el señor director del banco preguntando por su dinero. Después de más de una noche sin dormir y sufrir un estrés financiero que riéte tú de Julián Muñoz y pandilla, he llegado a la determinación de coger el toro por los cuernos y hacer frente a esta deuda utilizando algo de ingenio que aún me queda, …porque otra cosa, no me queda… …sortear mi piso La idea es sencilla, he dividido el coste de “mi piso” en participaciones. Cada participación cuesta 5€ (cinco euros). Ver bases del sorteo. Por cinco euros tú puedes tener un piso y yo puedo recuperar el sueño, ése es mi trato.

Muchas gracias y mucha suerte ”

ver mais aqui

23
Maio
08

Partir para a acção

O secretário-geral da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), el-Badri, disse que “o mercado está realmente louco” e mostrou-se “confuso” com o aumento diário das cotações no crude nos mercados internacionais.

Então vejamos, se neste momento a matéria-prima para as petrolíferas não falta, nas palavras do mesmo senhor “Há muito petróleo no mercado. Não há qualquer escassez. Os inventários estão bastante elevados“, e se todos os dias, o combustível aumenta à saída da bomba, quem está a ganhar com esta escalada dos preços?

Parece-me mais que obvio que o mercado dos combustíveis deixou de funcionar. Mas este não é só um problema português, é uma questão que está a afectar igualmente o Mundo, só espero que pelo menos por cá consigamos seguir o exemplo francês, isto é fazer boicote a determinada marca durante uma semana.

Parece pouco, mas se durante 7 dias uma determinada marca não vender combustíveis, vai ter obrigatoriamente que furar o cartel e baixar o preço na bomba a fim de atrair clientes.

E ao baixar o preço estará a furar o cartel com todos os benefícios para o consumidor que dai advêm, se irá ser a GALP a primeira visada… Que seja…

19
Maio
08

Aceitam-se sugestões para Nome e Ingredientes?

Agência Financeira – McDonalds vai lançar sanduíche à portuguesa

Ainda que não se conheçam para já os seus ingredientes

A cadeia de comida rápida McDonalds não coloca de parte a possibilidade de, em breve, vir a lançar uma sanduíche à portuguesa.

De acordo com o «Diário Económico», o director de marketing e comunicação da McDonalds, John Alves, garante estar a preparar o referido lançamento, seguindo a política da cadeia de, em todos os mercados onde marca presença, introduzir especialidades locais.

Sem revelar os ingredientes, John Alves admite que a nova sanduíche está quase a entrar em regime de testes em alguns restaurantes já instalados.

18
Maio
08

Emprego com futuro

Costuma andar no mundo da lua? Não tem medo das alturas! Não hesite…

Candidaturas aqui

 

 

 

 

 

 

 

18
Maio
08

Entretanto, em Itália

O Inter de Milão, onde actua o internacional português Maniche, sagrou-se campeão nacional.

07
Maio
08

Preciso urgente de unidade antiterrorista!

06
Maio
08

Isto sim é justiça…

06
Maio
08

Super Aguri

Será que o governo também me arranja dois milhões pra dar umas voltas de F1?

02
Maio
08

Uma boa razão para comer fritos!

http://youtube.com/watch?v=GOFbsaNeZps

14
Abr
08

O Berlusconi vai muito provavelmente voltar a governar Itália

Os italianos conseguem ser piores do que nós…

09
Abr
08

Copo meio cheio / copo meio vazio

Existem sempre duas formas de olhar para todos os factos. É a velha história sobre se um copo preenchido com líquido até meio está meio cheio ou meio vazio.

Teixeira dos Santos (como ser humano que é…) não foge às regras e, face às previsões do Fundo Monetário Internacional sobre o crescimento económico nacional diz que são previsões demasiado pessimistas.

Nesta lógica, o mesmo será dizer que as previsões do Governo de Portugal são demasiado optimistas. Mas a verdade é que depois do apuramentos dos factos é sempre mais fácil arranjar justificações para os erros dos cálculos…

28
Mar
08

Fitna the movie

Uma curta-metragem polémica, que certamente correrá Mundo…Também pode ser vista aqui

Ronin

19
Mar
08

Nem de propósito…

Frustrados com décadas de ocupação chinesa, os tibetanos tomaram as ruas. Peça para a China respeitar os direitos humanos dos manifestantes e abra um diálogo com o Dalai Lama: Assine a petição!

19
Mar
08

Era só pra dizer que nós por cá somos totalmente contra a ocupação do Tibete e achamos que os chineses deveriam deixar os tibetanos sossegados e em paz, lá na vidinha deles.

06
Mar
08

Preparado para o pior

O mundo parece estar louco. Ou pelo menos, vai a caminho. Ontem, o petróleo continuou imparável. O ouro negro já passou os níveis das crises do final dos anos setenta e início dos oitenta, mesmo fazendo a actualização de preços. E o euro acompanha, continuando a bater recordes contra o dólar. Junte-se a isto o tempero da escalada dos preços de outras matérias-primas e a crise financeira internacional e tem-se um caldo venenoso.

 

Quando alguém tem exactamente a nossa opinião, e consegue traduzi-la num excelente editorial…

Ronin

06
Mar
08

Bush Dance!

Ronin

19
Fev
08

Mensaje del Comandante en Jefe

Queridos compatriotas:

Les prometí el pasado viernes 15 de febrero que en la próxima reflexión abordaría un tema de interés para muchos compatriotas. La misma adquiere esta vez forma de mensaje.

Ha llegado el momento de postular y elegir al Consejo de Estado, su Presidente, Vicepresidentes y Secretario.Desempeñé el honroso cargo de Presidente a lo largo de muchos años. El 15 de febrero de 1976 se aprobó la Constitución Socialista por voto libre, directo y secreto de más del 95% de los ciudadanos con derecho a votar. La primera Asamblea Nacional se constituyó el 2 de diciembre de ese año y eligió el Consejo de Estado y su Presidencia. Antes había ejercido el cargo de Primer Ministro durante casi 18 años. Siempre dispuse de las prerrogativas necesarias para llevar adelante la obra revolucionaria con el apoyo de la inmensa mayoría del pueblo.

Conociendo mi estado crítico de salud, muchos en el exterior pensaban que la renuncia provisional al cargo de Presidente del Consejo de Estado el 31 de julio de 2006, que dejé en manos del Primer Vicepresidente, Raúl Castro Ruz, era definitiva. El propio Raúl, quien adicionalmente ocupa el cargo de Ministro de las F.A.R. por méritos personales, y los demás compañeros de la dirección del Partido y el Estado, fueron renuentes a considerarme apartado de mis cargos a pesar de mi estado precario de salud.

Era incómoda mi posición frente a un adversario que hizo todo lo imaginable por deshacerse de mí y en nada me agradaba complacerlo.

Más adelante pude alcanzar de nuevo el dominio total de mi mente, la posibilidad de leer y meditar mucho, obligado por el reposo. Me acompañaban las fuerzas físicas suficientes para escribir largas horas, las que compartía con la rehabilitación y los programas pertinentes de recuperación. Un elemental sentido común me indicaba que esa actividad estaba a mi alcance. Por otro lado me preocupó siempre, al hablar de mi salud, evitar ilusiones que en el caso de un desenlace adverso, traerían noticias traumáticas a nuestro pueblo en medio de la batalla. Prepararlo para mi ausencia, sicológica y políticamente, era mi primera obligación después de tantos años de lucha. Nunca dejé de señalar que se trataba de una recuperación “no exenta de riesgos”.

Mi deseo fue siempre cumplir el deber hasta el último aliento. Es lo que puedo ofrecer.

A mis entrañables compatriotas, que me hicieron el inmenso honor de elegirme en días recientes como miembro del Parlamento, en cuyo seno se deben adoptar acuerdos importantes para el destino de nuestra Revolución, les comunico que no aspiraré ni aceptaré – repito- no aspiraré ni aceptaré, el cargo de Presidente del Consejo de Estado y Comandante en Jefe.

En breves cartas dirigidas a Randy Alonso, Director del programa Mesa Redonda de la Televisión Nacional, que a solicitud mía fueron divulgadas, se incluían discretamente elementos de este mensaje que hoy escribo, y ni siquiera el destinatario de las misivas conocía mi propósito. Tenía confianza en Randy porque lo conocí bien cuando era estudiante universitario de Periodismo, y me reunía casi todas las semanas con los representantes principales de los estudiantes universitarios, de lo que ya era conocido como el interior del país, en la biblioteca de la amplia casa de Kohly, donde se albergaban. Hoy todo el país es una inmensa Universidad.

Párrafos seleccionados de la carta enviada a Randy el 17 de diciembre de 2007:

“Mi más profunda convicción es que las respuestas a los problemas actuales de la sociedad cubana, que posee un promedio educacional cercano a 12 grados, casi un millón de graduados universitarios y la posibilidad real de estudio para sus ciudadanos sin discriminación alguna, requieren más variantes de respuesta para cada problema concreto que las contenidas en un tablero de ajedrez. Ni un solo detalle se puede ignorar, y no se trata de un camino fácil, si es que la inteligencia del ser humano en una sociedad revolucionaria ha de prevalecer sobre sus instintos.

“Mi deber elemental no es aferrarme a cargos, ni mucho menos obstruir el paso a personas más jóvenes, sino aportar experiencias e ideas cuyo modesto valor proviene de la época excepcional que me tocó vivir.

“Pienso como Niemeyer que hay que ser consecuente hasta el final.”

Carta del 8 de enero de 2008:

“…Soy decidido partidario del voto unido (un principio que preserva el mérito ignorado). Fue lo que nos permitió evitar las tendencias a copiar lo que venía de los países del antiguo campo socialista, entre ellas el retrato de un candidato único, tan solitario como a la vez tan solidario con Cuba. Respeto mucho aquel primer intento de construir el socialismo, gracias al cual pudimos continuar el camino escogido.”

“Tenía muy presente que toda la gloria del mundo cabe en un grano de maíz”, reiteraba en aquella carta.

Traicionaría por tanto mi conciencia ocupar una responsabilidad que requiere movilidad y entrega total que no estoy en condiciones físicas de ofrecer. Lo explico sin dramatismo.

Afortunadamente nuestro proceso cuenta todavía con cuadros de la vieja guardia, junto a otros que eran muy jóvenes cuando se inició la primera etapa de la Revolución. Algunos casi niños se incorporaron a los combatientes de las montañas y después, con su heroísmo y sus misiones internacionalistas, llenaron de gloria al país. Cuentan con la autoridad y la experiencia para garantizar el reemplazo. Dispone igualmente nuestro proceso de la generación intermedia que aprendió junto a nosotros los elementos del complejo y casi inaccesible arte de organizar y dirigir una revolución.

El camino siempre será difícil y requerirá el esfuerzo inteligente de todos. Desconfío de las sendas aparentemente fáciles de la apologética, o la autoflagelación como antítesis. Prepararse siempre para la peor de las variantes. Ser tan prudentes en el éxito como firmes en la adversidad es un principio que no puede olvidarse. El adversario a derrotar es sumamente fuerte, pero lo hemos mantenido a raya durante medio siglo.

No me despido de ustedes. Deseo solo combatir como un soldado de las ideas. Seguiré escribiendo bajo el título “Reflexiones del compañero Fidel” . Será un arma más del arsenal con la cual se podrá contar. Tal vez mi voz se escuche. Seré cuidadoso.

Gracias

Assinatura de Fidel Castro

Fidel Castro Ruz

18 de febrero de 2008

5 y 30 p.m.

16
Fev
08

Inconfidências de zapatero

Ronin

13
Fev
08

Da Rússia com amor

José Milhazes, no seu blog alerta-nos para uma nova realidade que parece estar a surgir na Rússia, destaco as seguintes passagens: 

“O documento, preparado por um grupo de peritos militares, constata que as forças nucleares estratégicas da Rússia, que actualmente e num futuro próximo, permitem destruir qualquer país em meia-hora, “são o único factor que permite considerar a Rússia uma grande potência militar”. 

“As forças estratégicas da China, nessa altura, serão iguais ou maiores do que as russas quanto ao número. Tendo em conta a superioridade absoluta das forças armadas convencionais chinesas, em comparação com as russas e o baixo nível de sensibilidade dos chineses para com as suas perdas humanas, surge uma situação em que tanto Pequim, como Washington podem falar com Moscovo a partir de posições de força. Deixará de ter sentido falar de garantias da soberania da Rússia”

Ronin

07
Fev
08

Amélias…

No regresso a casa, com o rádio sintonizado no relato do Itália-Portugal, ouvi que o guarda-redes italiano chamava-se Amelia. Mas vendo as imagens do jogo, e em especial do primeiro golo italiano, acho que a Amélia estava na baliza lusitana…

06
Fev
08

McCain

John McCain deu ontem na “supertuesday” uma bofetada de luva branca a muitos sectores do Partido Republicano que tudo têm feito para o aniquilar. Nomeadamente,  a ala representada pelo poder vigente (Bush nunca escondeu a sua antipatia) e o lóbi evangélico do Sul. Dizem que é o sector conservador dos republicanos que está contra ele. Penso que é dar mau nome ao conservadorismo, em especial ao anglo-saxónico e aos seus fundadores, dar tal designação à social-teocracia de Huckabee e seus apoiantes e de, em parte, Mitt Romney.

Ontem ficou visível no discurso de Obama o seu núcleo ideológico, por entre as cantigas e as palavras de ordem (aquilo mais parecia uma igreja do Harlem…). Criticou os republicanos pelas políticas de corte de impostos e mostrou suas garras socialóides com a história dos pobrezinhos e a demagogia do costume quanto ao fim da guerra. Pelo menos, com Hillary sabe-se desde o início com o que contar…

 

 

06
Fev
08

OBAMA! OBAMA! OBAMA!!!

barack_obama000011.jpg

26
Jan
08

Esta Tudo Explicado…

18
Jan
08

O Exemplo Alemão…

Com os devidos cuidados de não generalização, a gravidez na adolescência é uma situação que acarreta um conjunto de situações problemáticas. É o interromper (ou mesmo o terminar) de um percurso escolar, promovendo situações futuras de dificuldades de integração profissional ou, no mínimo, de emprego precário. São (diversas vezes) as dificuldades na educação das crianças, tendo em conta a falta de “preparação” para este novo papel, promovido pela dificuldade que estes pais (em muitos casos apenas as mães) têm em receber apoio.

São certamente situações complicadas de colmatar, existindo obviamente a necessidade de prevenir a ocorrência destas situações (onde andas tu, educação sexual?). Mas, sendo certa a sua existência, importa também definir estratégias que permitam minimizar e diminuir a probabilidade destas consequências.

É esta a ideia de governo alemão ao avançar com uma nova política social que pretende atribuir uma baixa de maternidade (assim traduz a Lusa) para as avós de crianças cujos pais ainda não tenham atingido a maioridade, para que possam apoiar os filhos na educação dos netos, promovendo a continuidade da frequência escolar dos pais. Para tal, esta baixa de maternidade terá uma duração máxima de três anos.

Acredito que esta medida possa ter ainda “resultados secundários positivos” relativamente a uma questão que foi tema de debate em Portugal no ano transacto. A Interrupção Voluntária da Gravidez, cujos números poderiam baixar com políticas deste género.

Assim, também, se promove a educação e o desenvolvimento integral das crianças…

13
Jan
08

Chavéz & Campbell

Surge hoje a notícia de um possível romance entre Hugo Chavéz e Naomi Campbell.

Normalmente não seria algo que aqui comentasse mas, a ser verdade, começar uma relação onde ela diz que ele lhe agrada porque é “parecido com um touro” não augura grande coisa, pois não?
13
Jan
08

A Igreja de costas para o povo

A celebração por parte de Bento XVI de uma missa, pela primeira vez em mais de 40 anos, de costas para os fiéis, representa (na minha opinião) mais do que um regresso ao passado.
É a imagem mais correcta da Igreja actual…



Desde 19-Maio-2007

Andaram por aqui…

Arrochadas Anteriores

Prémios


Arrochadas Mais Populares

Blog Stats

  • 66.054 hits

Ferramentas Internas

Outras Coisas